A todos aqueles que reproduzem os textos postados aqui, por favor, quando publicarem em outros blogs ou sites favor mencionar o nome do autor, e se possível nos informar para que tenhamos conhecimento e fazer uma parceria. qualquer dúvida ou sugestão mande um e-mail para pcefabi@hotmail.com. Paulo Cezar de Lima
English French German Spain Italian Dutch Russian Hindi Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Entre a Verdade e a Mentira


Estava conversando com um amigo quando o mesmo começou a citar alguns nomes de pregadores (animadores de auditório) que este admira muito, era nome que não acabava mais, cada qual ele tentava imitar seus gracejos e brincadeiras que estes fazem quando estão pregando.


Eu disse a esse amigo que admiro alguns outros pregadores, quando ele me perguntou como se chamavam muito me admirou ele não gostar de ouvi-los e ainda me dizer que estes são muito letrados, vivem muito teologia e pouco poder.


Eu dei risada, mas deixei-o prosseguir, e o mesmo me disse que esses pregadores além de achar os certinhos tentam segurar o Espírito Santo, além de pregar pausadamente, eles não berram no microfone e nem sequer falam algo de Deus para os nossos corações.


É interessante como ainda existem pessoas sendo enganadas em nosso meio, acredita-se que pelo fato do pregador gritar no microfone, fazer o povo repetir palavras como se fossem marionetes, falar palavras de efeito sem significado algum ou contar historinhas no púlpito faz dele uma pessoa santificada e ungida.


Muita gente em nosso meio não quer ouvir a Palavra de Deus, mas aquilo que seu coração deseja, e com isso tem se levantado falsários da fé que prometem coisas aos fieis como se Deus fosse obrigado a fazer quando não é de sua vontade.


Muitos preferem ouvir uma mentira em nome da fé que lhes satisfaça o coração do que uma verdade que lhes aproxima de Deus.


Pb. Paulo Cézar de Lima

Nenhum comentário:

Artigos mais Lidos

Caixa de promessas