A todos aqueles que reproduzem os textos postados aqui, por favor, quando publicarem em outros blogs ou sites favor mencionar o nome do autor, e se possível nos informar para que tenhamos conhecimento e fazer uma parceria. qualquer dúvida ou sugestão mande um e-mail para pcefabi@hotmail.com. Paulo Cezar de Lima
English French German Spain Italian Dutch Russian Hindi Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Carta Aberta ao Marcelo Taz e Monica Iozzi CQC



Nesta segunda feira, dia 3 de dezembro de 2012, o programa CQC mostrou uma reportagem sobre a cura gay, onde ridicularizaram com alguns deputados, psicólogos. Não bastasse a reportagem, a bancada do CQC distorceu todo o conteúdo que fora questionado e debatido entre aqueles que são favoráveis ou contra o assunto ora discutido. Ninguém busca uma cura gay (pois ser homossexual não é doença, mas uma escolha) Os debatedores estavam lá para debater a questão da psicologia aceitar ou não uma pessoa que não quer mais ser homossexual procurar ajuda com um psicólogo.  

Primeira coisa, não existe cura gay, o que existe é a liberdade psíquica do cidadão procurar tratamentos quanto a sua escolha sexual ou qualquer outro complexo que exista. O trabalho de um psicólogo é este, tratar de assuntos psíquicos de tal forma que a pessoa consiga se libertar daquilo que não lhe satisfaça.

Homofóbico é aquele que bate, tem ódio e mata homossexuais, não precisamos de uma lei que pune a homofobia, até por já existir leis que coloquem assassinos e agressores na prisão. Seria mais uma lei que privilegiaria uma classe de pessoas. Ter idéia formada ou não aceitar o homossexualismo é um direito que assiste a todo cidadão, isso não é homofobia, pois posso ter opinião formada quanto a presidente da republica e o papa e por isso não sou punido.  

A lei garante que todo cidadão tem o direito de questionar e expor o que pensa, assim sendo, todo hetero quanto o homo pode e tem o direito de questionar e expor o que pensam. Porém o grupo GLBT não aceita oposição aos seus pensamentos.

Ninguém nasce homossexual, pois só existem dois tipos de cromossomos “Macho e Fêmea”, o homossexualismo é resultado de uma vida sem carinho dos pais, abuso sexual na infância, dentre outras coisas mais, a psicologia ensina que o ser humano é fruto do ambiente onde vive. Ninguém nasce bandido, ninguém nasce pobre ou rico. O ambiente forma o ser humano. 

Amar não é aceitar, eu amo assassinos(como pessoas) mas não aceito o assassinato, eu amo os alcoólatras(como pessoas) porém não aceito o alcoolismo. Visto ser esse uma questão de escolha da pessoa tenho que respeitar.

Marcelo Taz e Monica Iozzi, acredito que vocês são muitos inteligentes, mas quanto a matéria em questão, pude notar que vocês optaram por não usar a inteligência que tem, pois deturparam as palavras do pr. Silas Malafaia e ridicularizaram o direito da livre expressão. Vocês provaram assim como o grupo GLBT que não gostam de ouvir opiniões contrarias. Querem que todo telespectador engula o que vocês pensam. Se acham os donos da verdade, mas se enganam, pois desta vez erraram, e erraram feio.

Paulo Cezar de Lima
Blog Nada Além da Verdade

Nenhum comentário:

Artigos mais Lidos

Caixa de promessas