A todos aqueles que reproduzem os textos postados aqui, por favor, quando publicarem em outros blogs ou sites favor mencionar o nome do autor, e se possível nos informar para que tenhamos conhecimento e fazer uma parceria. qualquer dúvida ou sugestão mande um e-mail para pcefabi@hotmail.com. Paulo Cezar de Lima
English French German Spain Italian Dutch Russian Hindi Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

domingo, 14 de março de 2010

Não Sou Mais Evangélico


Calma, posso explicar, não é o que você está pensando, eu não desisti de Deus e muito menos de servi-lo, apenas decidi que a partir de hoje não vou ser mais evangélico, no sentido que muitos aderem, ou seja, ser evangélico hoje é moda, status, honra, qualquer celebridade diz que é evangélica e que pertence a alguma denominação, alguns famosos ditos evangélicos fazem filmes pornôs e falam palavras que não merecem nenhum credito nosso. E o pior, dizem servir a Deus e ir com freqüência em alguma denominação evangélica.

O que mais se encontra hoje não são bares nas esquinas, mas pequenas igrejas cada qual com o seu costume e doutrina, algumas até contrarias a genuína palavra de Deus, seria bom se essas igrejas pregassem O EVANGELHO CRISTOCENTRICO em vez de interesses humanos além de amuletos evangélicos.

Cada vez que visito o blogsfera encontro apologia a grandes aberrações doutrinárias que hoje é anunciado com a maior naturalidade pelos pseudo pastores e apóstolos, hoje mesmo um irmão me disse que foi convidado a pregar em uma igreja, este pregou uma mensagem a respeito da salvação, quando terminou de pregar o pastor disse para a igreja que Deus ainda iria falar, e por dez minutos o pastor pregou que fomos chamados para ser campeões, que somos salvos pela graça e que o nosso objetivo focal é somente servir a Deus e esperar bênçãos do alto sobre nossas vidas.

A Genuína palavra não está sendo pregada em muitos lugares, trocaram as mensagens cristocentricas pelas de auto ajuda, trocaram a cruz de Cristo pelos objetos mágicos que são colocados em cima da televisão, na roupa de um ente querido e até no bolso. O que vale é a permanência e a chegada de novos membros e para isso usam de vários artifícios extra-biblicos e mundanos.

Da Forma que a palavra Evangélico está sendo banalizada, hoje prefiro me identificar como um seguidor autentico de Cristo, alguém que vive a sua palavra e obedece os seus mandamentos, como alguém certa vez dissera: Prefiro viver pouco como João Batista, mas viver e pregar a verdade sabendo que estou agradando aquele que me chamou.

Pb. Paulo Cézar de Lima

Nenhum comentário:

Artigos mais Lidos

Caixa de promessas