A todos aqueles que reproduzem os textos postados aqui, por favor, quando publicarem em outros blogs ou sites favor mencionar o nome do autor, e se possível nos informar para que tenhamos conhecimento e fazer uma parceria. qualquer dúvida ou sugestão mande um e-mail para pcefabi@hotmail.com. Paulo Cezar de Lima
English French German Spain Italian Dutch Russian Hindi Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

domingo, 3 de janeiro de 2010

Interesse Financeiro e Ministerial Cheira Divisão


Alguns anos atrás pensava e concordava que melhor é ter uma igreja em cada esquina, independente da placa denominacional, o importante é pregar o evangelho, pensava que seria a melhor maneira de propagar o evangelho a toda criatura, porém nesses últimos anos tenho me preocupado muito com esse pensamento, talvez não me preocuparia se, as igrejas hoje existentes não se divergissem entre si teológica e moralmente. Se os pastores pregassem O EVANGELHO, tenho certeza que seriamos o povo mais respeitado desse nosso país.

Em cada bairro que passamos encontramos várias igrejas, grandes catedrais como também pequeninos cubículos, conhecidas e anônimas, igrejas serias e respeitadas, como também igrejas difamadas pela falta de caráter e prudência de seus lideres, que mais Administram (quando administram) em vez de pastorear o rebanho “Do Senhor Jesus”, igrejas de todo tipo, estilo para todo gosto, com toda interatividade existente.

Mas, a pergunta que sempre faço é, porque tanta igreja hoje em cada esquina? Para propagar o evangelho? Desde quando e quem disse que para pregar o evangelho é necessário sair de sua denominação local e fundar outra, as vezes até do lado da mesma? Jesus disse que devemos pregar o evangelho a toda criatura e não sair fundando denominações, pior ainda, criando modismos e contradizendo a teologia antes adotada.

Interesse Financeiro: Hoje muitos líderes eclesiásticos não pregam mais o Evangelho com amor, não sabem mais o que é sofrer pelo Evangelho, prega-se por Interesse Financeiro, monta se igrejas e ainda tem a falta de vergonha de dizer que Deus está nesse negócio, Deus mandou sair desta ou daquela denominação para montar a sua própria, isso quando não difama a sua ex-denominação para atrair os membros da mesma para o seu rebanho.


Interesse Ministerial: Certo dia conversei com um pastor e o mesmo me pediu para falar com o meu pastor presidente, para que este viesse pregar em Itararé SP, só que, por ser irmão de um outro pastor muito conhecido no Estado de São Paulo, pediu me para não citar o seu sobrenome, pois seu irmão havia saído da Assembléia de Deus e montado outra denominação, pois não lhe davam oportunidades para pregar, muito me assustou ele falar que seu irmão não passava de um presbítero rebelde que queria de toda forma ser consagrado a pastor, porém não soube esperar o momento certo e se auto consagrou a pastor montando uma outra igreja semelhante as Assembléias de Deus.

Contradições Teológicas: Recentemente fui convidado a participar de um reunião em uma igreja onde o pastor da mesma, também ex Assembleiano está trazendo os modismos de Toronto para sua denominação, depois de conversar com alguns membros desta, descobri vários erros teológicos, que é pregado e adotado pelos seus membros, quando questionado o pastor (pastor?) se ofendeu e me chamou de moleque, disse me que tudo o que ele está fazendo é fruto de muita oração.

Vale a pena lembrar e alertar o tal pastor que orar só não basta, é necessário vigiar para que o inimigo não venha a plantar o joio no meio do trigo, e este cresça de tal forma que venha a destruir toda a plantação.

Gunnar Vingren e Daniel Berg Fundaram uma nova Denominação?

Para quem já estudou a História das Assembléias de Deus, sabe que, os missionários suecos cheios do Espírito Santo quando chegaram ao Brasil, por ser da igreja Batista foram recepcionados na mesma em Belém do Pará, porém quando apresentaram o Espírito Santo para os Batistas foram expulsos da mesma e não saíram por livre e espontânea vontade.

Vieram ao Brasil para trazer o avivamento antes recebido nos Estados Unidos, este era o objetivo destes, receberam de Deus essa missão, levar o povo brasileiro a conhecer o batismo com o Espírito Santo.
Como foram expulsos da Igreja Batista, montaram no Brasil as Assembléias de Deus (igreja já existente nos Estados Unidos), essa era a única forma de pregar o evangelho aqui no Brasil.

Texto Extraido do blog Poder e Autoridade que em breve será deletado Por Este Editor.

4 comentários:

Felipostagens disse...

Amado irmão foi muito bom este, texto gostei muito de lê-lo,e que Deus possa estar assim sempre inspirando o irmão. Mas, por falta de informação, a sua informação causou uma dúvida, se não foram nossos a Assembléia de Deus não é original do Brasil, quem a fundou?E por que é o Brasil reconhecido como sede, ou não?

Paulo Cézar de Lima disse...

Felipe...

De início chamava-se Missão de Fé Apostólica, sendo que em 18 de janeiro de 1918 por sujestão de Gunnar Vingreen passou a se chamar Assemleia de Deus, em virtude da fundação das Assembleias de Deus nos Estados Unidos em 1914, vale a pena lembrar que nos Estados Unidos era comum esse nome as igrejas evangelicas, o Brasil é onde foi registrado oficialmente o nome Assembleia de Deus.

Wagner Lemos disse...

Irmão, a paz do nosso Deus!
Parabéns pelo post...

Paulo Cézar de Lima disse...

Wagner Lemos...

Obrigado pela sua visita e pelos parabens.

Deus te abençoe

Pb. Paulo Cézar de Lima

Artigos mais Lidos

Caixa de promessas