A todos aqueles que reproduzem os textos postados aqui, por favor, quando publicarem em outros blogs ou sites favor mencionar o nome do autor, e se possível nos informar para que tenhamos conhecimento e fazer uma parceria. qualquer dúvida ou sugestão mande um e-mail para pcefabi@hotmail.com. Paulo Cezar de Lima
English French German Spain Italian Dutch Russian Hindi Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

sábado, 28 de novembro de 2009

O Poder do Evangelho


Ontem pela tarde estava pensando o quão é poderoso o evangelho de Cristo pregado a tempo e fora de tempo, como é interessante o trabalhar de Deus para com aqueles que escolhera para a sua maravilhosa obra.


Na cidade de Itararé São Paulo, ainda na adolescência com os meus quinze para dezesseis anos andava por todos os bairros entregando folhetos e acompanhando os mais velhos nas visitas e trabalhos evangelísticos.


Lembrei de minha primeira pregação, incentivado pelo pastor Anaziel Pedrosa que me levou a igreja onde pastoreava e pela primeira vez me deu a oportunidade de pregar, foi um dia muito difícil onde falei muitas besteiras e pensei que jamais subiria em um púlpito novamente. Porém lembro como se fosse hoje o apoio que esse abnegado servo do Senhor me dera dizendo que Deus iria me usar muito ainda nas suas mãos.


Nunca me esqueço do pastor Sergio Nunes (in memorian), que me procurou pedindo para ajuda-lo na congregação de vila Beca onde o mesmo era pastor. Quantas vezes com o seu apoio preguei naquele humilde congregação, que antes de ser alugada para fazer os cultos era uma pequena mercearia.


Chegava a convite todo animado para pregar nos ponto de pregação e encontrava somente três ou quatro pessoas sedentas pela palavra de Deus, pregava como se tivesse pregando para uma multidão sabendo que Deus se encontrava presente nessas reuniões.


Caravana Vitória em Jesus sempre andando pelos bairros e casas dos irmãos, lembro que muitas das vezes juntávamos os últimos centavos que tínhamos no bolso para colocar gasolina no carro do para que assim pudéssemos sair pelas congregações e pontos de pregação para cumprir o ide de nosso mestre.Pastor Sergio Silva que muito me orientou e confiou no meu ministério, me enviando a fazer teologia no Ibad em Pindamonhangaba São Paulo, um exemplo para o meu ministério.


É engraçado a forma de Deus trabalhar, quantas vezes preguei em púlpito e pessoalmente, porém nunca quando estive presente eu vi resultados das minhas pregações. Como diz o apóstolo Paulo: Eu Plantei, Apolo regou, Mas Deus deu o crescimento (I Corintios 3:6).


Uma vez fui convidado para pregar na cidade de Sengés PR, para mim como pregador pensei que a mensagem que havia pregado não tinha causado efeito algum, porém alguns meses depois um jovem daquela igreja me procurou dizendo que se converteu através da mensagem que eu havia pregado, disse-me que eu falava de sua vida como se há muito tempo o conhecesse. O engraçado é que eu nunca o havia visto na minha vida, mas o Deus que me entregou a mensagem o conhecia mesmo antes que ele viesse à existência.


Poucos dias antes de sair de Itararé SP para ir embora para Londrina PR, estava indo ao culto de santa ceia, quando encontrei um mendigo perto de minha casa todo encolhido tentando se proteger do frio que fazia, não deixei a oportunidade passar e cheguei até ele, falei do amor de Deus e disse que Jesus o amava e podia mudar a sua vida, apnas entreguei um folheto em sua mão e disse para ele procurar uma igreja, pois Deus tinha algo para fazer em sua vida.


Isto foi num sábado, no domingo pela manha meu irmão chegou em casa dizendo que esse mesmo mendigo fora encontrado morto na porta da igreja do bairro que eu morava. Nesse momento fiquei pensando o que aquele pobre rapaz havia falado com Deus antes de sua morte, acredito que nos seus últimos momentos este que até então era rejeitado pela sociedade estava sendo aceito por Deus.


Esses dias um jovem me procurou dizendo que queria falar comigo, quando disseram que eu não morava mais naquela cidade, o jovem disse que um dia eu entrei em um bar e entreguei um folheto para ele e falei de Jesus, hoje pela misericórdia de Deus esse jovem é crente e serve a Jesus naquela cidade.


A forma de Deus trabalhar é assim mesmo. Muitas das vezes em silencio e a seu tempo, busquemos a cada dia fazer a sua obra insta a tempo e fora de tempo.


Presbítero Paulo Cézar


Nenhum comentário:

Artigos mais Lidos

Caixa de promessas